Artcom

Comunicação que tudo vende

Quantas oportunidades deixamos passar por causa do medo?

Já pensou em quantas experiências incríveis e quantas oportunidades já deixou passar por causa do medo?

Um dia, durante uma pequena pausa na agência, surgiu em tom de brincadeira (ou não), a ideia de fazer um outdoor em gif animado. Na hora foi uma farra, começamos a rir e depois esquecemos. Tempos depois, a Coca-Cola lançou o primeiro Outdoor em 3 dimensões, instalado na Times Square.

Como estudante de engenharia de computação, o assunto chamou a minha atenção. Me fez lembrar da história do outdoor em gif animado. Uma empresa que é conhecida através de um dos maiores marketings do mundo lançou uma nova forma de fazer comunicação visual, nunca antes tentada, apesar de ser algo simples de se fazer.

Através de uma combinação de automação e controle e muito dinheiro investido, claro, veio à tona uma maravilha da engenharia atual mesclada à genialidade dos publicitários da Coca-Cola.

Me pus a pensar: “Esta poderia ter sido nossa ideia. Por que não foi?”.

Às vezes, por medo de ousar, acabamos deixando de lado coisas que poderiam nos dar renome, reconhecimento, nos lançar no mundo com todos os holofotes virados pra gente. Afinal, não é esse o maior anseio do homem? Deixar sua marca no mundo de forma que todos associem esta marca ao seu nome, alcançando assim a tão perseguida imortalidade? O medo de ousar, de fazer o inusitado, muitas vezes nos relegam à mediocridade do mais do mesmo, o medo de ousar se torna nossa muralha intransponível.

O medo de ousar, de fazer o diferente e permanecer no “modelo que deu certo”, acaba sendo nossa própria derrota. MEDO. A palavra-chave acaba se tornando essa. MEDO.

Penso que já passou da hora de deixar esse medo pra trás e, quem sabe, se tornar o novo lançador de tendências no mercado e, quiçá, no mundo em geral, como a Coca-Cola e seu “outdoor em gif animado”.

Autor: Luiz Costa

Comentários

comentários

Compartilhar por